Siga-nos

Olá, o que você procura?

Tech

Governo dos EUA é processado pela Xiaomi, após atitude de Trump

Após perseguição de Donald Trump, Xiaomi entra na lista de “empresas militares comunistas chinesas”

Neste domingo (31/01) a Xiaomi entrou com um processo contra o governo dos Estados Unidos, após ser colada na lista de “empresas militares comunistas chinesas” pelo antigo presidente dos Estados Unidos Donald Trump.

O processo foi aberto na corte do Distrito de Colúmbia, em seu comunicado a Xiaomi explica que foi prejudicada por entrar na lista. A Xiaomi nega com todas suas forças o que Donald Trump afirmou, que a empresa seria militar comunista chinesa.

A ação da Xiaomi teve início após a confirmação do Departamento de Defesa, anunciar a inclusão da gigante chinesa na lista de “empresas militares comunistas” no dia 14/01.

Outras empresas chinesas também entraram na lista, que operam direta ou indiretamente nos Estados Unidos de acordo com a exigência estatutária da seção 1237 da Lei de Autorização de Defesa Nacional, ano fiscal de 1999.

Comentários

Você poderá gostar

Tech

Este artigo foi criado pela equipe Bitdefender para uso exclusivo do blog Bloog. Navegar com segurança na internet é essencial para manter suas informações...

Facebook

Descubra se o Facebook está offline

Tech

Não consegue enviar e nem receber mensagens? Descubra se o sistema está offline

Tech

Novo recurso para proteger a conta do Instagram é adicionado na plataforma